Cardápio para o Dia das Mães: Lasanha de Frango.

Especial Dia das Mães

Olá!

Continuando com as postagens especiais para homenagear aquela, que para mim, merece todas as melhores homenagens desse mundo.

Hoje vou trazer uma ideia de cardápio para caso você queira fazer um almoço especial para sua mãe no dia dela.

Geralmente nesse dia os restaurantes costumam estar muito cheios, e eu particularmente acho estressante ficar esperando em uma fila, sabe-se lá por quanto tempo, ainda mais quando se está morrendo de fome. Por isso lá em casa, sempre preferimos fazer o almoço nós mesmos nesse dia. E como é Dia das Mães, ela não pode ter nenhum trabalho… por favor, né!

Essa receita é bem simples, então não precisa ser “mestre cuca” para fazer dar certo… É só seguir o passo a passo que não tem erro.

Como a maioria das receitas que eu faço, esta eu peguei no site Tudo Gostoso, e mudei pouquíssimas coisas mesmo, só para adaptar ao meu gosto e ao que eu tinha a minha disposição como ingredientes.

Segue a receita de Lasanha de Frango:

Ingredientes:

– 1 peito de frango

– 500 gramas de queijo mozzarella

– 400 gramas de presunto

– 1 pacote médio de base para lasanha (Opte pelas massas pré-cozidas, que você pode encontrar na parte refrigerada dos supermercados. Assim você pode colocar a massa diretamente no forno, sem precisar cozinha antes)

– 2 copos de leite

– 1 caixa de creme de leite

– 2 colheres de farinha

– 3 colheres de manteiga

– 1 cebola média

– Molho de Tomate da sua preferência (pode ser pronto ou caseiro)

Modo de Preparo:

  • Molho Branco
  1. Faça um creme homogêneo com as 2 colheres de farinha + 2 colheres de manteiga. Acrescente o leite e mexa constantemente.
  2. Retire do fogo e acrescente o creme de leite.
  3. Reserve.
  • Frango
  1. Cozinhar, desfiar e temperar. (Ver Dicas no final do post)
  2. Dourar com 1 colher de manteiga e cebola. (Eu também coloco alho)
  3. Refogar com um pouquinho do molho de tomate para dar uma cor e apurar o gosto. Cuidado para não colocar muito.
  • Montagem da lasanha
  1. Untar a assadeira com um pouquinho de manteiga
  2. Espalhar um pouco do Molho branco na assadeira (antes da massa, para que esta não queime quando for ao forno)
  3. Massa resfriada pré-cozida
  4. Mais uma camada de molho branco.
  5. Frango desfiado
  6. Queijo Mozzarella.
  7. Presunto
  8. Molho branco
  9. Massa
  10. Molho branco
  11. Repetir as etapas até chegar ao topo da travessa. Lembrando que a última camada deve ser de queijo. Também pode polvilhar queijo ralado ao final para ficar bem gratinado.
  12. Assar em fogo baixo, por aproximadamente 20 minutos (até o queijo derreter).

Ideias para acompanhamento:

– Salada de Folhas Verdes

Eu acho que salada é sempre uma boa ideia para acompanhar qualquer coisa. Faça uma salada de folhas verdes da sua preferência.  Gosto de alface, alface roxa e rúcula, mas você também pode usar agrião, acelga, hortelã, etc. Triture algumas castanhas (no liquidificador mesmo) para misturar com as folhas, dando uma certa crocância. Por fim,  tempere com azeite e limão siciliano. É simples, rápido, vai ficar bonito na mesa, além de ser uma delícia como complemento. Se quiser uma corzinha a mais, rale meia cenoura para também colocar na salada.

arroz7– Arroz

Não tem muito que explicar, né! Mas se quiser sair da mesmice, para dar uma incrementada na mesa, cozinhe o arroz com um pouco de açafrão. Ele vai ficar amarelinho, dando um aspecto mais interessante. Coloque em uma travessa e decore com salsinha.

– Batata Palha

Isso não tem nada de gourmet. É opção pessoal mesmo. Porque aqui em casa a gente simplesmente ama a combinação de qualquer massa com batata palha. Geralmente coloco na mesa para quem também gosta se servir à vontade.

– Sobremesa

Bom… quando eu tenho mais trabalho fazendo o almoço, prefiro optar por uma sobremesa pronta, e é sempre sorvete. Capriche nos potinhos que vai usar para servir, e abuse das caldas e tubetes para enfeitar. Acho que é uma boa opção.

Mas se preferir também preparar a sobremesa, tenho aqui no blog uma receita de Torta de Limão também facílima de fazer e muito gostosa. 😉

Dicas:

Essa dica só serve para quem está no Brasil. Eu gostava muito de usar o frango desfiado da marca Rica (esses da foto aí embaixo). Eles tem a opção do frango desfiado normal ou defumado, que é uma delícia. Já vem pronto para consumo, mas nessa receita eu refogava normalmente, para dar um toque a mais. Só sei que o gostinho do defumado faz uma ótima diferença.

Frango Desfiado Rica

É isso! Espero que essa receitinha faça sucesso no Dia das Mães de vocês!

Grande Bjo,

Mari Marques.

*Fonte das Imagens: Sempre esqueço de tirar foto das comidas que faço, então os créditos das imagens vão para o Google.

Torta de Limão

torta-de-limao

Estou querendo fazer esse post desde o dia de Ação de Graças, que foi comemorado no último dia 10 aqui no Canadá.

Nesse dia, eu resolvi fazer uma sobremesa para levar no jantar em que fomos convidados, e dei uma pesquisada básica nas receitas tradicionais daqui, para tentar levar algo típico.

Acontece que uma das receitas mais tradicionais de sobremesa para o Dia de Ação de Graças no Canadá é uma tal de Pumpkin Pie. E apesar de bem famosa por aqui, nada mais é do que uma torta de abóbora… algo que tanto eu como o marido odiamos de verdade.

Decidi então apostar na minha torta de limão, que desde o Brasil já virou minha especialidade em doce (na verdade, é quase a única receita doce que sei fazer mesmo… rs). E vou compartilhar no blog a receita, porque é realmente muito fácil e prático de fazer, além do que, consegui encontrar ingredientes equivalentes aqui no Canadá.

Para início de conversa é preciso ter um liquidificador e seria bom ter também um mixer (ou batedeira), mas dá para se virar muito bem sem esse último.

Ingredientes:

– Biscoito Maizena (1 pacote e meio)

– Manteiga ou Margarina (quanto baste)

– Leite Condensado (1 lata)

– Creme de Leite (na mesma proporção do ingrediente anterior)

– 2 a 3 limões

– Chantilly

Modo de Preparo:

  • Limpe bem os limões e raspe a casca com um ralador, para retirar algumas lasquinhas. Reserve.
  • Massa:
  1. Triture o biscoito maizena no liquidificador até virar uma farofa.
  2. Coloque a farofa de biscoito em uma travessa e adicione manteiga aos poucos (de colher em colher). Vá mexendo com as mãos e adicionando manteiga até atingir uma consistência firme e homogênea. Cuidado para não adicionar manteiga além do necessário!
  3. Quando atingir o ponto certo (que não pode estar esfarelando), coloque a massa na travessa que irá usar para servir e faça uma “cesta” para receber o recheio.
  4. Leve ao forno médio para assar por aprox. 10-15 minutos.
  • Recheio:
  1. No liquidificador adicione o leite condensado, o creme de leite e 1, 1/2 limão. Deixe bater até que esteja tudo bem misturado.
  2. Prove a massa para verificar quanto a mais de limão será necessário colocar e vá adicionando aos poucos (de 1/4 em 1/4), até que esteja do seu gosto (a torta pode ser mais doce ou mais azedinha, depende da preferência)
  3. Bata para que o limão adicionado misture bem com o restante do recheio. O recheio não ficará muito firme, mas também não pode bater demais para não perder a consistência.
  • A essa altura a massa já terá saído do forno. Deixe esfriar um pouco e coloque o recheio dentro da “cesta” de massa.
  • Deixe no congelador por aprox. 30 minutos (ou até que o recheio fique firme o suficiente). Cuidado para não congelar a torta!
  • Quando retirar do congelador, cubra  o recheio com chantilly (ele pode vir pronto para uso ou talvez precise bater, depende da marca, daí a necessidade do mixer)
  • Finalize salpicando a torta com as lascas do limão, para enfeitar.
  • Deixe na geladeira até a hora de servir.

Voui a lá…. está aí minha receita de torta de limão. Simples, prática e muito fácil de fazer. Aqui em casa a gente adora! E sempre que convido alguém para o almoço ou jantar, acabo fazendo ela também. Acabou que foi essa a sobremesa do Dia de Ação de Graças… e vamos combinar?! Muito melhor do que torta de abóbora, né?! rs

Só mais uma dica: quanto mais tempo deixar a torta na geladeira antes de servir, será melhor, porque a ela terá mais consistência, por isso o ideal é fazer de um dia para o outro… mas também dá para servir no mesmo dia, sem problemas.

Quanto aos ingredientes, encontrei produtos equivalentes aqui no Canadá, segue a lista:

  • Leite condensado – Em inglês se fala condensed milk. Eu usei o da marca President’s Choice, que vende muito na rede Superstore, e o gosto é o mesmo do nosso.
  • Creme de Leite – Aqui a versão do creme de leite que usamos para sobremesa é o Whipping cream. Pode ser localizado na parte de produtos gelados (geralmente fica perto do leite e/ou laticínios). Eu usei a marca Dairyland. É um pouco mais líquido do que o nosso, mas se agitar bem a caixa ele ganha consistência. Cuidado para não confundir: existe o sour cream, que é o creme de leite azedo (que não sei para o que serve… rs), e normalmente ficam próximos um do outro nos supermercados.
  • Biscoito Maizena – Aqui eu encontrei na versão redondinha… os famosos Biscoitos Maria. E o nome é exatamente esse: Maria cookies. Não lembro exatamente a marca que usei, acho que foi Minuet, mas tem várias opções no supermercado, inclusive na versão no name. De qualquer forma, ainda acho que com o biscoito maizena brasileiro (aquele vermelhinho da Piraquê) fica mais gostoso.
  • Chantilly – No Brasil eu sempre usei o da Dr. Oetker, que era líquido, tendo de deixar na geladeira por 12 horas e depois bater para virar um chantilly…. delicioso, diga-se de passagem. Aqui no Canadá, eu experimentei um que já vem pronto para usar, da marca Betty Crocker, mas meu marido cismou que tem gosto de adoçante e eu, particularmente, achei meio enjoativo também. Com certeza vou testar outro.

ingredientes

Enfim… espero que seja muito bem aproveitada essa receita, pois já me rendeu ótimos momentos! 🙂

Até breve.

Mari Marques.