Dia 22 – 30 Day Blog Challenge

Diário Blog Challenge

Infelizmente, não sei se vou conseguir dar minha opinião sobre o tema sem parecer antiquada. Gostaria muito de fazê-lo, mas a sensação que tenho é que vivemos uma época em que o termo “cool” se encaixa apenas para quem é permissivo no sentido mais amplo.

Com relação ao álcool, que não deixa de ser uma droga, acredito em temperança. Não vejo problemas no consumo do álcool, desde que sejam respeitados os próprios limites e o bom senso. Se alguém sabe que não irá conseguir parar antes de conquistar uma bebedeira, penso que o melhor é nem começar. Com isso evita-se a vergonha e a ressaca.

Já no que se refere às drogas propriamente ditas, meu posicionamento é no sentido de proibição total, mesmo as mais amenas. É o tipo de vício que pode levar uma pessoa a um caminho sem volta, e que não afetará somente a ela. Até concordo e entendo que alguns indivíduos conseguem consumir isso de forma controlada e talvez passar a vida sem sair do patamar mais leve. Porém, por outro lado, só se descobre a propensão que alguém terá para sucumbir a um vício depois que se começa a usar, então acho de verdade que não vale o risco.

No tocante à prevenção e ao tratamento do vício, entendo que o melhor é discutir e lidar com o tema de forma aberta, seja em casa, na igreja ou na escola, o que nem sempre acontece, e algumas pessoas acabam entrando nesse tipo de problema por falta de conhecimento.

Quero frisar que minha opinião nesse quesito é independente da minha religião. E, apesar disso, sei que haverá quem tache esse tipo de posicionamento como “careta”. Mas, sinceramente, de tudo o que já pude observar, vejo as drogas (mesmo o álcool) apenas como subterfúgios para se preencher algum vazio. Se esse tipo de ferramenta é indispensável para viver um bom momento, sinal de que as coisas já não andam bem, e o consumo da droga será só um paliativo, que jamais trará resultados positivos, já que não mudará nenhuma situação, podendo até piorá-la a longo prazo.

Fica aqui registrada a minha opinião. E gostaria de saber a sua, querido leitor. Deixe aqui nos comentários, e vamos debater a respeito. 😉

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s