Dia 4 – 30 Day Blog Challenge

Diário Blog Challenge

São tantas pessoas as quais eu poderia dizer que me inspiram, por diferentes motivos e em diferentes momentos também. Muitas delas não são conhecidas, fazem parte apenas do meu universo, mas conseguem me inspirar ao ponto de me fazerem rever alguns conceitos, e extrair coisas boas de mim. Poderia falar da minha família, marido (que é minha família também), amigos, histórias que eu ouvi e deixaram algum ensinamento… mas para este post em especial, escolhi falar de uma referência da Literatura que, por sinal, é minha autora favorita: Jane Austen.

Meu interesse pela autora começou com o remake do filme “Orgulho e Preconceito”, de 2005, baseado em sua obra homônima. E Jane Austen ganhou minha total admiração após também assistir “Becoming Jane”, em português intitulado “Amor e Inocência”, um filme biográfico baseado em sua trajetória na Literatura. De lá para cá, consumo tudo o que possa ser remotamente associado à obra da autora, mas definitivamente nada se compara aos seus livros.

Quando tive a oportunidade de ler “Orgulho e Preconceito”, mesmo que traduzido em português, não tive dúvidas quanto ao magnetismo que a obra de Austen exerce sobre mim. Seus livros são extensos e com uma leitura que pode ser considerada não das mais fáceis, devido ao vocabulário antigo e rebuscado, porém é impossível desgrudar de suas páginas. E, ao contrário do que se possa auferir pelos filmes e produções baseados na obra da autora, seus livros não são nem de longe meros romances. Com muita leveza, bom humor e toques de ironia carregados de uma sutileza ímpar, Jane Austen consegue trazer à sua obra críticas sociais importantíssimas para a época, além de questionar a posição da mulher na sociedade de uma forma que, ao meu ver, não agredia os valores impostos para sua geração, mas ao mesmo tempo trazia reflexões pertinentes para a mulher do sue tempo. Penso que é preciso altas doses de brilhantismo para conseguir esse equilíbrio.

No entanto, o porquê de Jane Austen ser capaz de me inspirar vem de sua história de vida e da forma como encarou os obstáculos ao longo de sua trajetória. É claro que toda minha percepção a respeito é primariamente baseada no filme biográfico que mencionei acima, e deixo como sugestão. Porém, com base em tudo que já li sobre a autora após isso, acredito que, apesar de bastante romantizado, o filme consegue ser bem fiel à realidade dos fatos.

Nascida em uma época onde a única forma de realização feminina era por meio do casamento, Jane Austen nunca se casou. E apesar de ter recebido recusas para a publicação de suas obras, chegando até ser mal vista no meio editorial daquele tempo, seus trabalhos são considerados clássicos da literatura  inglesa.

Outra característica interessante, e que realmente me inspira em Austen, é que como toda mulher daquela época, sua vida era restrita ao meio familiar, mas isso não foi capaz de limitar sua visão de mundo, tampouco o senso crítico da autora. Muito pelo contrário, através da análise e observação do que havia a sua volta, desenvolveu um olhar sensível e tão profundo que é impossível não notar em suas personagens.

Assim, o que tiro de inspiração para a minha vida através da biografia de Jane Austen, é que não importa onde eu esteja, sejam lugares ou circunstâncias, e muito menos se terei poucas ferramentas ao meu alcance; pois no final das contas o que me fará relevante no que me proponho não é o que eu tenho ou onde estou, mas como me posicionarei com relação a tudo isso.

Agora, me diga você se também não acha essa autora inspiradora?!

Jane Austen

Todos os retratos que se tem de Jane Austen, inclusive este, são baseados em uma única ilustração feita por sua irmã Cassandra, e existem relatos de que a mesma não corresponde à realidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s