O que tenho aprendido com os canadenses?

Oh, Canada!

Morar em outro país tem sido a experiência mais desafiadora da minha vida. Não apenas pelo aspecto cultural, que é tão enriquecedor, mas também pela revisão forçada de alguns conceitos antigos que eu carregava comigo.

O Canadá é um país realmente multicultural. Aqui você pode encontrar gente de tudo quanto é canto do mundo, com sotaques e costumes dos mais variados, incorporando seus hábitos a um estilo de vida canadense bem customizado. Digo isso porque a própria cultura local algumas vezes fica um pouco apagada diante de tanta diversidade, mas apesar de não ser unanimidade, isso não parece incomodar a maioria.

No começo estranhei um pouco essa característica, e até já me peguei julgando como sendo uma possível “falta de identidade”, o que não poderia ser mais equivocado da minha parte, já que nada identifica mais um canadense do que os conceitos de tolerância e aceitação que eles conseguem elevar a outro nível.

Reflexo disso, é a liberdade que eu percebo aqui para se “ser o que se quer ser”. E isso é literalmente mesmo, de modo que além de o respeito às minorias ser regra indiscutível, você pode ter certeza de que ninguém vai te olhar diferente no dia em que  resolver ir ao supermercado de pijamas ou pintar os cabelos de roxo com laranja.

É claro que nos meus nove meses vivendo nessas terras geladas, também já pude notar aspectos não tão legais do povo que por aqui habita, mas neste post resolvi me concentrar no que admiro e tem me ensinado a rever algumas posturas. E se tem uma coisa que eu realmente gosto nos canadenses, com certeza é a gentileza e a forma pacífica, quase despretensiosa, com que eles levam a vida.

Dificilmente você vai ver um canadense sendo grosseiro sem que haja um baita motivo por traz disso, e, se por algum azar, você pegar um deles em um mal dia, pode ter certeza de que ele se sentirá pior do que você por ter te tratado mal. Isso chega a ser engraçado e é claro que tem muitas vertentes, desde a hipocrisia enrustida até a necessidade cultural de ser agradável, quase que por obrigação. Isso gera uma série de piadinhas mundo a fora, como os famosos “memes” sobre o “canadian sorry”, por essa mania de sempre se desculparem, mesmo quando eles não são os culpados.

2012-04-30-canadianproblems

I-m-canadian-and-i-m-sorry-that-i-m-always-sorry-e

Agora, de tudo o que já pude notar, se existe algo que me impressiona é a igualdade que existe por aqui. Posso estar muito errada, até porque não sou e nem quero ser do tipo que frequenta a “high society”, mas tenho a nítida impressão de que para os canadenses não importa muito “o que você faz” ou “quem você é”, de modo que tanto o operário da construção como o médico cirurgião terão o mesmo nível de tratamento onde forem.

Para quem veio de um país como o nosso, onde infelizmente o que você faz para viver é capaz de te definir socialmente, esse tipo de liberdade é encantadora. As escolhas individuais são de fato tão respeitadas, a ponto de não ser questionado se você tem ou não um nível universitário para determinados cargos, pois se você tiver a experiência e capacidade necessárias, tudo ok.

Isso pode ser considerado um choque cultural, já que crescemos com a ideia de que se determinada pessoa não tiver um diploma na parede, nada do que ela falar pode ser considerado seriamente, mesmo que haja mais conhecimento ali do que em muito diplomado.

Talvez eu até esteja romantizando um pouco as coisas, afinal, apesar das oscilações, ainda não passei da fase do encantamento… Mas, de qualquer forma, a sensação de poder se reinventar sem culpa é maravilhosa… E é aqui que tenho aprendido e me permitido esse recomeço.

Thanks, Canada!

Grande Bjo,

Mari Marques.
*Imagens: Google.

Anúncios

3 comentários sobre “O que tenho aprendido com os canadenses?

  1. Pai - Levi Lisboa

    Minha escritora predileta!!!

    Curtido por 1 pessoa

  2. […] falei sobre “O que tenho aprendido com os canadenses”, na semana passada, lembro que mencionei sobre a mentalidade que percebo na maioria das pessoas […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s