Estabelecendo Rotinas em outro país

clock-637853_960_720

Desde que chegamos no Canadá, temos tanto para fazer e resolver, que não houve tempo ainda para pensar em muita coisa.

No primeiro mês eu fiz um curso de inglês mais voltado para a conversação, porque meu listenning realmente é muito ruim e era essa minha necessidade imediata (ainda está ruim, mas sinto que aos poucos vai melhorando). Meu marido também chegou já fazendo curso de inglês, no mesmo lugar que eu, mas com foco maior em gramática. E, como passávamos basicamente o dia inteiro estudando por lá, o tempo que restava usamos para organizar aquela que será nossa casa pelos próximos anos (o que é bem legal de fazer, mas dá um certo trabalho) e também para resolver as questões de documentação e serviços. Então, algumas coisinhas bem importantes acabaram ficando de lado, como boa alimentação (as “porcarias” aqui são muito acessíveis e deliciosas), organização, horário definido para estudos (o que vai ser fundamental para nós dois) e até mesmo lazer, porque realmente não tivemos tempo de “turistar” nesse primeiro mês.

Agora, após um mês e alguns dias, tudo está começando a tomar a forma de como realmente será daqui para a frente. Meu marido vai estudar em horário integral (fará uma especialização na Langara, ritmo beeeemmm puxado) e eu consegui ingressar no programa de English Language Services for Adults (ELSA) da província de British Columbia, onde vou estudar inglês com aulas 3 vezes na semana.

Obviamente terei mais tempo para administrar a casa e manter nossa vida organizada… o que é novidade, já que no Brasil era ao contrário, porque meu marido era homework e tinha uma rotina bem mais flexível do que a minha. E confesso (com um pouco de vergonha) que ele se saía um “dono de casa” melhor do que eu. Taí um dos meus desafios!

Considerando que meu inglês anda meio “capenga”, três aulas por semana provavelmente não serão suficientes, então vou ter que usar muito bem meu tempo livre para me dedicar ao estudo e conseguir atingir as metas que estou estabelecendo aqui na minha cabeça (pretendo estar falando bem em 6 meses).

Para começar a tentar me organizar, vou usar a regra de listar as prioridades (para manhã, tarde e noite), mantendo uma agenda arrumada (os planejadores diários que tentei fazer ainda no Brasil não deram muito certo comigo).

Aqui, por conta da filosofia do “faça você mesmo”, parece que tudo é feito para ser mais prático, então até os itens de limpeza são fáceis e rápidos de manejar, de modo que a gente gasta pouco tempo. E já encontramos ótimas opções de alimentação saudável práticas de fazer. Minha grande questão será apenas manejar bem os horários para fazer tudo o que precisa ser feito e me sobrar tempo livre.

Não é tarefa fácil, levando em conta que minha desorganização é quase crônica, mas sinto que o Canadá tem muito a me ensinar nesse sentido. Aqui a questão de horários é levada muito a sério… em pouco tempo já dá para perceber isso. E apesar de ser meio chato se adequar a isso no começo, aprender a administrar bem os horários será de grande valor para a vida, seja aqui, no Brasil ou onde for. Isso é administração do tempo… e eles parecem fazer isso bem.

Por hora, vou tentando estabelecer minha rotina por aqui, e compartilho o que for dando certo. Deixarei o estudo para a parte da tarde. Essa manhã reservei para escrever este post e dar uma geral na casa… já estou atrasada! rs

Até breve.

Mari Marques.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s